Como digitar uma nota fiscal de serviço eletrônica (NFS-e) no Anexar

Nesse artigo, explicaremos como digitar uma nota fiscal de serviços eletrônica (NFS-e), e deixá-la pronta para emissão/transmissão para a prefeitura de sua cidade. Salientamos que o processo de emissão/transmissão para a prefeitura e o processo aqui descrito são dois passos diferentes, os dois necessários para que a nota seja emitida/transmitida.

A criação de uma nota de serviço no Anexar é feita da seguinte forma:

Primeiro, Vamos abrir a tela de notas fiscais de serviço clicando na aba “Movimentação” e depois em “Notas fiscais de Serviço(NFSe)”:

Abirá a tela de localização de notas fiscais de serviço. Nesse tela faremos todas as operações de nota, como emitir, cancelar, consultar, reimprimir(Tirar 2ª via), Enviar nota por email, etc. Para criar uma nova nota, clique no botão “Novo”, localizado na inferior esquerda da tela:

Abrirá então a tela de cadastro de nota fiscal. Vamos preenchendo de cima para baixo as informações da nota:

  • Data de Sai/Ent: Aqui é colocada a data de entrada ou saída da nota, ou seja, a data em que a nota saiu para ser entregue ao cliente.
  • Natureza de Operação do serviço: Define a operação da nota. Ex: Tributação dentro do município, caso o serviço descrito na nota tenha sido executado no município do emitente, ou fora do município, caso tenha sido executado fora do município do emitente.
  • Código do Tomador/Tomador: Aqui é colocado o código ou o nome do cliente para inclusão na nota.
  • Código do Serviço NFSe: Aqui é colocado o código de serviço da nota fiscal. As cidades tem uma relação de códigos de serviço, que são utilizados para categorizar os serviços prestados. Selecione o que for condizente com o serviço prestado e com seu ramo de atividade.
  • Código de tributação do município/Tributação Municipal: Se o código do serviço é uma categoria, meu código de tributação do município é uma subcategoria, ou seja, uma categoria dentro da categoria. Aqui são listados os códigos de serviço específicos, que mudam de acordo com o código de serviço. Preencha esse campo com o condizente ao serviço prestado.
  • CNAE: É o código de atividade econômica, sendo seu preenchimento obrigatório em alguns municípios.

Agora vamos ao preenchimento dos serviços prestados:

  • Código do serviço/Descrição do Serviço: Aqui são preenchidos os campos de código ou descrição do serviço para inclusão na nota. Ele puxará essas informações do cadastro de serviços do sistema.
  • Situação Tributária: Aqui é escolhida a situação tributária do produto.
  • Quantidade: Aqui coloca-se quantos unidades de serviço foram prestados para o cliente.
  • Valor unitário: Aqui coloca-se quanto foi cobrado por cada unidade de serviço prestado.
  • Desc(%): Aqui é colocado a porcentagem do desconto aplicado sobre o serviço prestado, caso tenha. Lembrando que esse campo aceita apenas porcentagem, e não valor.

Preenchidos os campos, clique no botão “Adicionar” para adicionar o serviço à nota. Os campos serão limpos, e você pode colocar mais serviços repetindo os passos acima.

Colocados os serviços, vamos aos totais da nota, checar se está tudo certo:

  • Dados Adicionais: Aqui vão os dados adicionais, as observações da nota fiscal.
  • Local onde foi executado o serviço: Controla onde será a tributação da nota, e pode ter quatro modalidades:
    • Local: Tributado no município do emitente. Isso quer dizer que será tributado para o município do emitente.
    • Externo(no município do cliente): Tributado no município do cliente. O imposto vai para o município do cliente/tomador.
    • Externo(tributado em município diferente do cliente): será tributado no município onde foi executado o serviço, que não foi nem no município do cliente nem do emitente.
    • Externo(Tributado no município do tomador):
    • Código/Nome da Cidade: Aqui será informada a cidade onde será recolhido o imposto quando for marcada a terceira opção.
  • Total dos Serviços: Aqui são quebrados os impostos da nota fiscal. como Base de cálculo/Valor do ISS, IRRF, etc.
  • ISS Retido: Aqui coloca-se a modalidade do ISS, que pode ser:
    • Normal: Tributação normal de ISS.
    • Retenção: Aplicará retenção de ISS à nota.
    • Substituição: Aplicará substituição de ISS à nota.
  • Deduções: Aqui é colocado o valor das deduções da nota fiscal, caso se aplique.
  • CSLL: Aqui é colocado o valor do CSLL, caso se aplique.
  • Outras Retenções: Aqui é colocado o valor de qualquer outra retenção, caso se aplique.
  • Desconto Incondicionado: Aqui se aplica o desconto da nota fiscal caso ele seja incondicionado, ou seja, não tenha uma condição predisposta para ocorrer.
  • Desconto Condicionado: aqui é colocado o desconto da nota fiscal caso ele seja condicionado, ou seja, tenha uma condição predisposta para ocorrer. Um bom exemplo disso são as famosas promoções de leve 3 pague 2. O desconto de uma peça ao levar 3 é condicionado, pois se você não levar as 3 peças, jamais alcançará o desconto.

Após preencher os campos necessários nessa tela, sua nota estará pronta para emissão! Agora é só emiti-la.

No Comments

Post A Comment

WhatsApp WhatsApp