Como fazer uma nota fiscal Complementar?

A NF-e Complementar é realizada para acrescentar os valores e os dados  que não foram informados na NF-e original.

O sistema possui uma funcionalidade que facilita a criação deste tipo de nota fiscal.

1° Na tela de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e)  selecione a NFe original, depois clique em Mais Opções e clique no botão Ressarcimento/Crédito/Complemento

conforme a imagem de exemplo abaixo:

Feito isso é só preencher as informações da nota, note que conforme a imagem abaixo, os campos BC do ICMS,  Valor do ICMS, BC do ICMS ST e Valor do ICMS ST estão abertos para preenchimento direto, que é especifico para este tipo de nota, Confira se o tipo da nota está correto, se é entrada ou saída e não esqueça que as opções de cálculo devem permanecer selecionadas conforme na imagem, só altere caso seja uma instrução do seu contador.

Lembrando que a nota complementar deve ser usada nos casos de:

  • Reajustamento de preço em razão de contrato escrito ou de qualquer outra circunstância que implique aumento no valor original da operação ou prestação;
  • Na exportação, se o valor resultante do contrato de câmbio acarretar acréscimo ao valor da operação constante na nota fiscal;
  • Na regularização em virtude de diferença no preço, em operação ou prestação, ou na quantidade de mercadoria, quando efetuada no período de apuração do imposto em que tiver sido emitido o documento fiscal original ou para lançamento do imposto não efetuado em época própria, em virtude de erro de cálculo.
WhatsApp chat